SIGNO DE PEIXES 

SIGNO DE PEIXES 

18 de fevereiro de 2021 às 10h43m49s em Lisboa

Chegamos ao último signo do Zodíaco e, com ele, à última etapa do caminho da mandala Astrológica.

O signo do elemento água que corresponde à décima-segunda casa astrológica, o seu regente é o planeta Neptuno. 

Este signo sente-se incitado em servir a humanidade de alguma forma. O signo de Peixes encontra gratificação na perda da identidade pessoal através do serviço. No signo de Peixes associamos a área do zodíaco que é inteiramente responsável pelas necessidades sociais. Ele contém em si a soma total das experiências coletivas de todos os outros 11 signos. 

O signo Peixes possui uma formidável aptidão para penetrar nos domínios da imaginação, no mundo onírico, e é excecionalmente criativo em todas as artes. São puramente emocionais, e praticamente todas as experiências estão muito relacionadas com o Self. Os nativos deste signo têm que encarar a questão de personalizar todos os acontecimentos de um ponto de vista impessoal, e combatem a experiência humana universal com a personalidade. No seu lado luminoso encontramos a sua compaixão, e no seu lado sombrio uma total dissolução da personalidade. 

Os piscianos são muito sensíveis, tremendamente emocionais e completamente impressionáveis. Sendo um signo mutável, nem sempre sabem o que fazer com essas emoções e, em consequência disso, são vítimas de mudanças de humor. 

Por serem suscetíveis ao meio envolvente e terem perceções para além das partes mais sólidas da realidade, estes nativos têm uma inclinação mística. Quando prevalece a impressão de que existem realidades mais profundas ocultas dentro de formas externas de rituais e objetos, então podem sentir uma dedicação incondicional a uma ideologia ou religião. Este signo pode correr o risco de uma desintegração do ego em favor da psique arquetípica, e tal indivíduo pode vir a tornar-se prisioneiro de fantasias ou sonhos ideais e inclusive começar a assumir essas imagens. Esses nativos são pouco práticos e preferem evitar responsabilidades nesse plano, o do concreto, e ficam mais felizes quando sozinhos com os seus pensamentos. Devido ao movimento vivo da sua energia psíquica, o tipo emocional de Peixes tem poderes consideráveis de assimilação, porém esses indivíduos raramente mostram-se favoráveis pela sua falta de autoconfiança, que surge da sua grande sensibilidade emocional.

Entramos num período muito sensível do ano, que rapidamente podemos ficar mais confusos e dispersos, mas também num momento de estado semente do mais profundo, compassivo e humanitário que há em nós.

Que consigamos ser generosos com o nosso próprio processo pessoal e com o do outro. Partilhar para crescer juntos.

Próximos eventos:

Curso online de Astrologia Psicológica Transpessoal, dia 6 de abril: https://sandramcosta.pt/cursos/online/

Curso Avançado de Astrologia Psicológica Transpessoal, dia 8 de abril



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *