LUA NOVA EM CARNEIRO

LUA NOVA EM CARNEIRO

24.03.2020 às 09h028m05s EM LISBOA

Como dizia o grande astrólogo Howard Sasportas, “Nem sempre a vida é fácil. É impossível viver profundamente e não sentir dor ou atravessar tempos de crises, colapsos ou mudanças e ruturas importantes.”

No entanto, é a forma como cada um de nós reage aos eventos da vida e como os ultrapassamos que fará toda a diferença no processo e caminhada.

O novo ano astrológico é o ano do Sol. O Sol representa a criatividade, o brilho, a autoconfiança, o calor, generosidade, a força de vontade, o poder, o egocentrismo, o narcisismo, o orgulho, a busca de sentido da vida, os dons inatos, a autoperceção. O Sol representa 99,89% da massa da nossa galáxia e tem a mesma correspondência na nossa psique. Ser co-criador da nossa realidade é algo que está cada vez mais presente na consciência de cada um.

O que escrevi para a Lua Nova em Aquário aplica-se para esta Lua Nova em Lisboa que está na casa 11, a casa de Aquário. Representa a capacidade de olharmos as nossas criações com a visão mais humana, de sermos a humanidade que desejamos para todos. Criar fraternidade, igualdade e liberdade nas nossas vidas, partilhar os valores autênticos e honestos. A mudança coletiva e individual acontecem em simultâneo. Podemos ter a possibilidade de um propósito individual e criar projetos de vida, ter um processo evolutivo pessoal e intransmissível. Mas somos parte integrante e inclusiva num lugar, tempo e espaço. Ampliamos e transformamos o “grão que somos deste Universo” que se expande e eleva. 

Com esta Lua Nova em Carneiro, é importante que as nossas intenções venham do nosso lugar de ser autónomos e confiantes que somos. Temos a possibilidade de agir com o nosso coração e a possibilidade das nossas escolhas que são feitas agora tenham a consciência do todo que fazemos parte. 

O planeta Saturno, sábio e profundo, entrou ontem no signo de Aquário, o seu co-regente. Aqui no signo de Aquário, Saturno vai promover a nossa capacidade de inventar e criar projetos que terão em conta toda a sociedade. A possibilidade de restruturar com responsabilidade e honestidade para o propósito coletivo, no desenvolvimento e integração da Humanidade.

Que tenhamos consciência das nossas escolhas.

Que a escolha seja Amor!

Partilhe:


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *